O porcelanato é o revestimento cerâmico mais utilizado nos dias atuais. Resistente, duradouro e de fácil manutenção, o piso ganhou o gosto da população em geral. No entanto, a enorme variedade de texturas, formatos e cores acaba por deixar as pessoas um pouco confusas no momento da escolha. Para facilitar essa decisão, vamos discorrer sobre o porcelanato polido. Bem como suas características e os cuidados para mantê-lo sempre limpo e bonito.

Principais características do porcelanato polido

O porcelanato polido nada mais é do que o piso que recebe o polimento depois da fabricação. Isso significa que o revestimento fica extremamente liso e brilhante. Por este motivo, ele é indicado para ambientes secos. Dê preferência para os quartos, salas e corredores. Eles vão ficar sensacionais. Em contato com a água ele acaba se tornando bastante escorregadio.

Uma característica marcante do porcelanato polido é que ele reflete a luminosidade. Isso garante além de sofisticação, um ambiente mais claro e com mais amplitude. Uma forte tendência no mundo da arquitetura é usar o porcelanato que reproduz pedras na composição. Uma sugestão, nesse caso, é alternar a versão polida e a natural.

Sinônimo de brilho, luxo e personalidade no espaço, o porcelanato pode se tornar peça chave no projeto, trazendo a comodidade e a versatilidade que o ambiente merece.

O brilho é marcante no piso de porcelanato polido. Aliado a peças de decoração como obras de arte e objetos de artistas renomados, o projeto vai ter sucesso garantido. Mas para que esse brilho seja permanente, você precisa tomar alguns cuidados.

Nem todos os locais são ideais para este porcelanato

Quanto mais brilhante é a superfície, mais escorregadio será o piso. E, no caso do porcelanato polido, é exatamente isso que acontece. Desta maneira, ele é indicado para áreas secas, que não possuam contato direto com a água, como é o caso do quarto e da sala.

Qual rejunte é o mais indicado?

A escolha do rejunte vai depender do acabamento que você quer dar à obra. Existem três tipos:

Rejunte cimentício

É feito à base de cimento e areia. Por mais fino que seja o acabamento deste rejunte, ele sempre terá um aspecto mais rugoso. Sua aplicação, no entanto, é fácil e não é impermeável.

Rejunte acrílico

O rejunte acrílico é bi componente. Por este motivo, possui alto desempenho, textura fina, acabamento ultra liso e resistência à formação de fungos. A aplicação deste rejunte é fácil e impermeável.

Rejunte epóxi

O rejunte epóxi é um produto tri componente, flexível, totalmente impermeável, resistente a manchas e à formação de mofo e bactérias. No entanto, necessita de profissionais habilitados para a sua colocação.

“Lembre-se de aguardar o prazo de secagem inicial da argamassa antes de começar o rejuntamento”.

Cuidados no assentamento

Para garantir a qualidade no assentamento, a primeira dica é contratar um profissional habilitado e experiente para realizar este trabalho.

Depois disso, atente-se ao armazenamento das peças, que deve ser realizado com cuidado. Sempre guarde as peças de porcelanato de acordo com a indicação do fabricante. Na maioria dos casos, as caixas de porcelanatos ficam na vertical, mas cada formato tem suas particularidades e esta indicação pode alterar.

Ao assentar as peças, procure utilizar a técnica de dupla colagem para formatos iguais ou superiores a 30×30 cm. É importante garantir que 100% do tardoz (verso) da placa esteja preenchido com argamassa colante. Ao colocar uma peça ao lado da outra, cuide para não bater nas bordas, evitando lascas. E para garantir o completo nivelamento, utilize niveladores de piso.

Ao finalizar o assentamento, proteja as peças com plástico bolha ou material específico para proteção. Isso evitará que outros materiais, como tintas e solventes, caiam sobre o produto.

Limpeza pós-obra

Para efetuar a limpeza pós-obra, utilize detergente neutro ou saponáceo cremoso, todos diluídos em água. Nunca use limpadores que possuam ácido muriático em sua composição, fluorídrico ou clorídrico, eles causam ataque químico na superfície do porcelanato e as marcas deixadas são irreversíveis.

Evite também a utilização de “Limpa Obra” ou “Limpa Pedra” para remoção dos excessos de argamassa colante que ficaram do assentamento. Isso garantirá a beleza e a durabilidade das de qualquer acabamento, seja ele polido, NAT ou EXT.

Manutenção e limpeza das peças

O porcelanato polido possui uma superfície mais delicada. Por isso é importante tomar alguns cuidados, como proteger os pés dos móveis com feltro e evitar arrastá-los para não riscar o piso. Para a limpeza o indicado é a utilização de detergente neutro ou saponáceo cremoso, todos diluídos em água, como explicado anteriormente.

Até mais!

 

Fonte: Portobello

Comentários